ELO EUROPEU

A iniciativa Elo Europeu de Educadores de Português como Língua de Herança (ELO EUROPEU) foi criada em 24 de outubro de 2013 pelos educadores Adenilson Pereira, Andréa Menescal, Juliana Azevedo Gomes e Maria José Maciel que, inspirados pelo I Sepolh que estava sendo realizado em Londres, decidiram unir forças com o intuito de mobilizar educadores, professores e atuantes de português como língua de herança em toda a Europa.

A iniciativa, voltada a educadores de crianças bilíngues, busca representar o continente como uma região integrada e, assim, aumentar sua representatividade, sua visibilidade e, por conseguinte, sua influência junto às autoridades competentes, servindo de instrumento para que as reivindicações de seus membros sejam objeto de prioridade em iniciativas e projetos governamentais e privados nesta área de ensino.

Desde sua criação em 2013, o Elo Europeu é coordenado por seus quatro fundadores:

 

  • Adenilson Pereira, cofundador e presidente da Associação Raiz Mirim em Bruxelas,
  • Andréa Menescal Health, fundadora da Mala de Herança em Munique,
  • Juliana Azevedo Gomes, professora da Associação de Pais dos Brasileirinhos em Catalunha em Barcelona, e
  • Maria José Maciel, fundadora do Português sem fronteiras em Oslo.

 

Para mais detalhes sobre cada um dos coordenadores, visite a página Coordenação

Elo Europeu de Educadores de Português como Língua de Herança

O Elo Europeu de Educadores de Português como Língua de Herança (ELO EUROPEU) foi criado em 24 de outubro de 2013 pelos educadores Adenilson Pereira, Andréa Menescal, Juliana Azevedo Gomes e Maria José Maciel que, inspirados pelo I SEPOLH que estava sendo realizado em Londres naquele momento, decidiram unir forças com o intuito de mobilizar educadores de português como língua de herança em toda a Europa. A organização é uma instituição sem fins lucrativos e é coordenada voluntariamente por seus fundadores.

0
Coordenadores
0
Continente
0
Iniciativas

Missão e valores de Elo Europeu

Missão:

Ser o parceiro preferencial em atividades de POLH em toda a Europa.

Valores do Elo Europeu:

Cooperação

Trabalhamos com os demais de maneria aberta, proativa e inclusiva.

Coragem

Enfrentamos desafios e assumimos riscos, mantendo o rumo para atingir nossas metas.

Engajamento

Somos genuinamente engajados e dedicamos esforços no que acreditamos.

Respeito

Agimos com integridade e com respeito a todos os atores em nossa área de atuação.

Visão

Acreditamos no fortalecimento do POLH e trabalhamos para isso em uma perspectiva de longo prazo

Objetivos do Elo Europeu

O trabalho do Elo Europeu foca em três áreas de atuação: representação, formação e divulgação. A área de representação abrange o trabalho conjunto com iniciativas em toda a Europa para aumentar sua representatividade, sua visibilidade e, por conseguinte, sua influência junto às autoridades competentes, além de servir de instrumento para que as reivindicações europeias sejam objeto de priorizações governamentais e privadas na área de POHL, tendo, por exemplo, suas reivindicações consideradas na Conferência Mundial de Brasileiros no Mundo e em outras arenas competentes.
A área de formação inclui a promoção de diferentes formas de sensibilização e formação de educadores de POHL em toda a Europa, por conta própria e por meio de parcerias com iniciativas locais.
Finalmente, a área de divulgação constitui um trabalho de sinergias e parcerias com iniciativas atuantes na área, contribuindo para uma maior divulgação das atividades de POHL no continente europeu, para um melhor intercâmbio de metodologias e práticas entre o ensino de POLH e PLE e sendo uma arena de troca de experiências prático-docentes entre seus participantes.

  • Profissionalização – Fomentar a profissionalização do ensino de POLH na Europa.
  • Formação – Oferecer, por iniciativa própria e por meio de parcerias, atividades de formação para educadores de POLH na Europa.
  • Participação – Participar de atividades de atividades e fóruns relacionados com o ensino de POLH, compartilhando as experiências com seus membros.
  • Intercâmbio – Fomentar o intercâmbio de metodologias e práticas entre o ensino de POLH e PLE (Português como Língua Estrangeira);
  • Reivindicação – Propor, reunir e apresentar reivindicações de educadores para os representantes europeus junto à Conferência de Brasileiros no Mundo e a outras instâncias competentes;
  • Divulgação – Divulgar atividades relacionadas ao ensino de

AGRADECIMENTO

Agradecemos à colega Suelem Ferrari pela confraternização durante o jantar em que o Elo Europeu foi idealizado e por contribuir para a definição do nome da iniciativa.